Segunda, 15 de Agosto de 2022
Raimundo Lira
ÀS SUAS ORDENS!

por Raimundo Lira

Opinião

A tacada de “ Mestre” de Wanderlei Barbosa

Na hora certa, o governador Wanderlei Barbosa mostrou habilidade política

Foto: Reprodução / POPTVNEWS
post
Deputado Federal Vicentinho Júnior (PL-TO), Ex-senador Eduardo Siqueira Campos e o governador do Tocantins Wanderlei Barbosa

28 janeiro, 2022

Por Raimundo Lira

Quando ninguém esperava, o governador em exercício do Tocantins Wanderlei Barbosa (sem (partido) tirou  uma carta da manga, deu uma guinada de 360 graus e escolheu o expert em articulação política Eduardo Siqueira Campos como seu coordenador político. Eduardo Siqueira Campos foi deputado estadual, deputado federal,  prefeito de Palmas e Senador da República; seu currículo não deixa dúvidas a  ninguém da sua sabedoria e da  competência para fazer  a  leitura da geopolítica tocantinense e brasileira [macro política].  Criado nos berços da política estadual e  nacional, excelente aluno do seu pai e professor, o visionário Siqueira Campos,  Eduardo Siqueira na condição de coordenador político,  jamais deixará, neste momento em que forças ocultas  conspiram,  que o mandato do governador Wanderlei Barbosa  do Tocantins - mesmo provisório - sofra uma ruptura. Se tornou público e notório e do conhecimento de todos que existem dois grupos políticos no Tocantins com projetos políticos bem formatados e  definidos que se  interessam pelo  retorno imediato do governador afastado Mauro Carlesse (PSL) ao Palácio Araguaia. Wanderlei e Eduardo Siqueira sabem perfeitamente que são os protagonistas destes projetos de Poder, quando seus  interesses pessoais [poder] estão acima da lealdade,  da retidão e da defesa de um Estado livre da corrupção. Num passado recente,  uma quadrilha de criminosos operava livremente dentro do governo do estado Tocantins. A prova cabal da minha afirmativa é o  processo que está em curso no  Superior Tribunal de Justiça (STJ) em Brasília (DF),   onde apura as denúncias de  desvio de conduta na gestão de Mauro Carlesse. Tenho certeza que  a opção de Wanderlei Barbosa pelo  nome de Eduardo Siqueira Campos para    seu coordenador político foi sem sombra de dúvidas uma tacada de “mestre”. O ex-senador  Eduardo Siqueira Campos, além do profundo conhecimento da  política tocantinense, ele  tem também livre  trânsito na Capital Federal  e  poderá  com sua experiência, sabedoria e excelente relacionamento  em Brasília evitar no primeiro momento, um acidente de percurso no projeto político de Wanderlei Barbosa e na sequência,  um verdadeiro caos  no Tocantins em decorrência do  retorno ao Poder, do governador  Mauro Carlesse, afastado pelo  juiz federal Mauro Luiz Campbell Marques  do Superior Tribunal de  Justiça (STJ). Até o próximo!

Raimundo B. Lira é Jornalista, Internacionalista e presidente da Comissão Provisória para a organização e legalização da Associação Brasileira de Blogs e Sites (AABBwebsite / Brasília - DF). Os artigos de opinião e/ou as matérias assinadas,  não refletem necessariamente a opinião  do site, portanto  são de responsabilidade de seus autores