Quarta, 08 de Dezembro de 2021
Meio Ambiente

Arborização urbana

BRT Norte-Sul deve plantar mais de 25 mil árvores em Goiânia

Serão plantadas 25.206 árvores até o final das obras, contribuindo com o meio ambiente e qualidade de vida na capital

Foto: Divulgação
post
De acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana (Seinfra), que fiscaliza os trabalhos do Consórcio BRT-Goiânia, serão extirpadas 2.130 árvores, porém, serão plantadas 25.206 árvores

24 agosto, 2021

Por Venceslau Pimentel Filho  / Juan Meloni

Goiânia (GO) - Você já ouviu falar em compensação ambiental? Ela funciona como uma espécie de indenização pela degradação ambiental que um determinado empreendimento pode causar para a sociedade. Pois bem, o BRT Norte-Sul, com toda a sua grandiosidade de quase 22 km de corredor exclusivo para o transporte público, precisou retirar algumas árvores para sua passagem por Goiânia, e para isso, foi necessário um TCA (Termo de Compensação Ambiental) para iniciar com as obras. De acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana (Seinfra), que fiscaliza os trabalhos do Consórcio BRT-Goiânia, serão extirpadas 2.130 árvores, porém, serão plantadas 25.206 árvores até o final das obras, contribuindo com o meio ambiente e qualidade de vida na capital. "Essa é uma obra fantástica em todos os sentidos. Ajuda a mobilidade de Goiânia, melhora o trânsito, a qualidade de vida das pessoas, valoriza os imóveis por onde passa, e ainda ajuda o meio ambiente e contribui para que Goiânia continue sendo a cidade mais verde do Brasil e rumo a liderança mundial, assim como deseja o nosso prefeito Rogério Cruz, que é extremamente preocupado com essa questão" afirma o secretário da Seinfra, o engenheiro Fausto Sarmento. Até o início de agosto de 2021, foram plantados cerca de 5 mil árvores em locais definidos pela Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), sendo todas as mudas de espécies nativas do Cerrado, com altura mínima de 1,20m cada, ao longo de todo trecho das obras e em outros espaços. 

Confira a seguir onde estão as compensações ambientais do BRT

Avenida Horácio Costa Silva, no Setor Parque das Flores: foram plantadas 152 unidades no canteiro central e no passeio público. Espécies de Mutamba, Resedá, Escova de Garrafa, Caliandra, Quaresmeira, Araçá Pequeno, Pitanga e Pata de Vaca. Avenida 1ª Radial e Rua 90, no Setor Sul: foram retiradas Guariroba e Mangueira e plantadas no passeio público 245 unidades de Resedá, Escova de Garrafa, Caliandra, Quaresmeira, Araçá Pequeno, Pitanga e Pata de Vaca. Rua 84, no Setor Sul: foram plantadas 264 unidades no canteiro central e passeio público das seguintes espécies Resedá, Escova de Garrafa, Caliandra, Quaresmeira, Araçá Pequeno, Pitanga e Pata de Vaca. Avenida Goiás Norte, no trecho entre o Passeio das Águas e o Terminal Recanto do Bosque: plantadas 1.732 unidades no passeio público de Resedá, Escova de Garrafa, Caliandra, Quaresmeira, Araçá Pequeno, Pitanga e Pata de Vaca. Parque Nova Esperança: plantadas 1.000 unidades na Área de Preservação Permanente do Córrego Caveirinha nas espécies Angico, Paineira, Ingá, Pororoca, Sangra D'Água, Mutamba, Lobeira e Ipê Roxo.

A compensar

Avenida Goiás (canteiro central): tirou 90 unidades, sendo 32 de Ipê Roxo, seis Cega Machado, dois Mongubas, uma Mangueira, um Ficus e 48 Guarirobas. Serão compensados com 90 unidades de Ipê Rocho, Cega Machado, Guariroba, Farinha seca e Jacarandá no próprio canteiro central da Avenida Goiás. Ainda serão plantadas 200 unidades de Amoeira, Resedá, Escumilha, Africana, Aroeira Pimenteira, Alfeneiro e Pata de Vaca no passeio público. Além de 1.060 unidades de Ipê Roxo, Cega Machado, Guariroba, Farinha seca e Jacarandá nos canteiros centrais e áreas verdes ao longo do Trecho II. Na Praça Cívica serão retirados quatro Pau Ferro, cinco Oitizeiros, 10 Mongubas e duas Espirradeiras. Serão compensados com 21 unidades de Ipê Roxo, Cega Machado, Guariroba, Farinha seca e Jacarandá no próprio canteiro central, e mais 100 unidades de Amoeira, Resedá, Escumilha, Africana, Aroeira Pimenteira, Alfeneiro e Pata de Vaca no passeio público. Também mais 194 unidades de Ipê Roxo, Cega Machado, Guariroba, Farinha seca e Jacarandá nos canteiros centrais e áreas verdes ao longo do Trecho II.