Quinta-feira, 29 de
Fevereiro de 2024
Direito & Justiça

Ameaça

Família de Jéssica quer processar Choquei

Advogado diz que estão sendo colhidas provas para entrar com uma ação por danos morais contra a página de fofocas

Reprodução/ Redes Sociais
post
Jéssica Vitória Canedo

30 dezembro, 2023

A família de Jéssica Vitória Canedo quer que o perfil de fofocas Choquei seja julgado pelo crime de difamação. A jovem de 22 anos tirou a própria vida na sexta-feira (22/12), após ser envolvida por páginas que acompanham as vidas de celebridades em um relacionamento inexistente com o humorista Whindersson Nunes.  O advogado da família, Ezequiel Souza, disse ao jornal O Globo que estão sendo colhidas provas para entrar com uma ação por danos morais contra a página em razão do conteúdo fraudulento disseminado na semana passada. “Estão sendo colhidas diversas provas para que a página seja enquadrada no crime de difamação, previsto no artigo 139 do Código Penal e se aplica a conteúdo falso propagado na internet ou fora dela”, afirmou o advogado.  “Ainda, caso seja constatado que o perfil fez e manteve a postagem após a ciência de que se tratava de conteúdo falso ou inverídico eles também se enquadram no crime previsto no artigo 171, uma vez que se enquadraria na divulgação de conteúdo fraudulento.” Na quinta-feira (28/12), o criador do perfil Choquei, Raphael Souza, prestou depoimento à Polícia Civil de Minas Gerais sobre a morte de Jéssica.  A página afirmou em comunicado que “foram fornecidas provas sobre o fato gerador da notícia falsa – que foi publicada originalmente por um outro perfil e republicada posteriormente pela Choquei - e foram disponibilizadas imagens de diálogos que mostram os procedimentos adotados assim que a falsidade foi descoberta, como a retirada imediata do conteúdo falso republicado”. A alegação de que a retirada do conteúdo ocorreu de forma “imediata” após a falsidade ser descoberta foi questionada por nota da comunidade do X, o antigo Twitter. “É mentira que a página Choquei tenha retirado imediatamente o post ao saber que era mentira. A página manteve o post no ar por dias, mesmo com uma Nota da Comunidade alertando sobre a fake-news”, diz a checagem. A comunidade destaca que “o dono da página zombou do pedido de ajuda de Jéssica”. Raphael Souza publicou o seguinte após Jéssica divulgar mensagem pedindo para pararem com as mentiras: “Avisa pra ela que a redação do ENEM já passou. Pelo amor de Deus!”. A Choquei não foi a única página de fofoca  - nem a primeira - a divulgar as conversas faltas que embasaram as mentiras compartilhadas sobre Jéssica e Whinderssson, mas foi o mais relevante perfil a participar do caso. Além de ter maior alcance, a Choquei ganhou relevância política por emprestar seu canhão de visualizações e likes para a campanha de Lula em 2022. Como consequência, também virou alvo político.