Quinta-feira, 29 de
Fevereiro de 2024
Direito & Justiça

Denúncia

Em Goiânia, vereador é denunciado pelo MP por segurar servidora pelo pescoço

Segundo o MP, um relatório médico indicou que ela teve escoriações e vermelhidão no local

Foto: Reprodução/TV Anhanguera
post
Vereador Sargento Novandir exibe arma durante discussão sobre IPTU na Câmara de Goiânia, Goiás

05 outubro, 2023

O vereador Sargento Novandir foi denunciado pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) por segurar uma servidora pelo pescoço durante um evento político em Goiânia (GO).  Segundo o MP, um relatório médico indicou que ela teve escoriações e vermelhidão no local. Ao g1, Novandir nega que agrediu a servidora e que vai provar a inocência dele na Justiça. Segundo o documento do MP, o caso aconteceu no dia 10 de fevereiro deste ano, por volta das 11 horas, na Rua CP 23, no Residencial Antônio Carlos Pires. Conforme o MP, Novandir Rodrigues da Silva ofendeu a integridade corporal da mulher, causando lesões corporais que foram constadas em um relatório médico. O evento foi realizado era um mutirão político de visitas pelo Prefeito Municipal de Goiânia, onde a servidora trabalhava como assessora política de um outro vereador. Conforme o documento, em um momento do evento, a servidora estava entre Novandir e um outro vereador e em meio ao alvoroço, o denunciado avançou na direção dela e a segurou rapidamente pelo pescoço para liberar a passagem entre os vereadores. Segundo um relatório médico, ela teve escoriações e vermelhidão. Novandir foi denunciado, intimado e citado para comparecer em audiência de instrução e julgamento trazendo consigo suas testemunhas ou apresentar requerimento para intimação, no mínimo cinco dias antes da data da audiência, oportunidade em que poderá responder à acusação, por intermédio de seu advogado, e ainda, requer a notificação da vítima e testemunhas, e, ao final, após o recebimento da denúncia, a ação penal deve prosseguir até sua condenação.