Segunda, 04 de Julho de 2022
Direito & Justiça

Indenização

Apple indeniza donos de iPhone 4S

Empresa afirmou que sistema iOS 9 era compatível com o aparelho, o que não se refletiu na prática

Foto: Getty Images
post
Empresa gastará cerca de R$ 100 milhões com os pagamentos

08 maio, 2022

Depois de uma batalha judicial que já dura mais de seis anos, a Apple vai indenizar os donos de iPhones 4S que sofreram com lentidão depois da atualização para o iOS 9. As informações foram divulgadas na quinta-feira (5/5) pela AppleInsider. A ação coletiva foi movida em dezembro de 2015 e solicitava indenizações que variavam de US$ 5 milhões a US$ 15 milhões (de R$ 25 milhões a R$ 75 milhões pela cotação atual). O valor acordado, no entanto, foi bem menor: US$ 15 por aparelho (equivalentes a R$ 75). Segundo a Apple, essa seria a quantia dos “danos reais medidos pelo preço do mercado secundário”, caso os reclamantes conseguissem provar suas alegações. Para encerrar o processo, o valor foi aceito. Os autores do processo devem, agora, enviar suas informações para a empresa e pedir a indenização. Estima-se que a Apple gastará cerca de US$ 20 milhões (R$ 100 milhões) com os pagamentos.

Lentidão
De acordo com o grupo que moveu a ação, a Apple teria os enganado ao dizer que a nova versão do sistema, o iOS 9, era compatível com o iPhone 4S, lançado em 2011. Isso, no entanto, não se refletia na prática, já que o celular começou a apresentar dificuldades para abrir aplicativos, travamentos, congelamentos, bugs e quedas na performance. A Apple também teria ocultado possíveis problemas trazidos pela atualização e prometido um desempenho mais rápido com maior autonomia da bateria.