Domingo, 21 de
Julho de 2024
Direito & Justiça

Inesplicável

Advogado tenta adiar audiência para ter “sexo" com garota de programa

advogado teria audiência de instrução, mas pediu adiamento para ter “sexo satisfatório” com garota de programa

Getty Images
post
Segundo o Advogado era inviável remarcar outro compromisso que já tinha na mesma data: uma sessão de “sexo satisfatório”

24 novembro, 2023

Um advogado de Goiás pediu o adiamento de uma audiência de instrução alegando um motivo, no mínimo, curioso. Segundo ele, era inviável remarcar outro compromisso que já tinha na mesma data: uma sessão de “sexo satisfatório” com uma garota de programa que estaria na região exatamente na mesma data da agenda jurídica. O advogado criminalista solicitou o adiamento da audiência de instrução e julgamento alegando que o encontro com a garota seria até caso “essencial de saúde pública”, já que a “classe médica” e “cientistas” recomendam “a prática do prazer sexual como fator preponderante que contribui para a saúde física e mental do ser humano”. Ele até chegou a anexar um relatório médico para mostrar que está sofrendo com problemas de saúde relacionados à Covid longa. E, segundo o advogado, seria fundamental para o seu bem estar físico faltar a audiência e ter momentos íntimos com a garota de programa. O criminalista ainda ressalta que ela não é qualquer profissional do sexo, mas sim “a maior autoridade em termos de sexo satisfatório do mundo”, e a chama de “a extraordinária Paloma”. O problema é que a referida garota de programa tem uma “disputadíssima agenda”, como ele traz no pedido à Justiça. Além do relatório médico, o advogado também anexou prints de conversas no WhatsApp com a “extraordinária Paloma”, para provar que ela não poderia em outra data.  A audiência estava marcada para essa quinta-feira (23/11). O pedido de adiamento, porém, foi negado.