Terça, 25 de Janeiro de 2022
Turismo

Debates

2º Fórum das Serras Gerais destaca turismo e potencialidades da região

Debates buscaram fortalecer o segmento e solucionar demandas com a retomada pós-pandemia

Foto: Divulgação
post
O superintendente do Sebrae, Moisés Gomes (centro) enfatizou a importância de colocar o turismo cada vez mais em evidência como pauta de alinhamento entre os órgãos públicos e privados

04 dezembro, 2021

Empresários, prefeitos, diretoria do Sebrae Tocantins, moradores, representantes de instituições financeiras e de turismo participaram, na manhã de sexta-feira (3/12), do 2º Fórum de Turismo das Serras Gerais, no Colégio João D’Abreu, em Dianópolis. O objetivo foi discutir ações para o desenvolvimento sustentável do turismo na região, na cidade polo sudeste do estado. José Salomão, prefeito de Dianópolis, comemorou a continuação do Fórum, que representa relevância para o segmento. “Estamos sendo ouvidos e participando juntos nessa construção do turismo e fortalecimento dos atrativos da nossa região, com grutas, cachoeiras, trilhas, cavernas que encantam nossa comunidade e os visitantes. Nosso município é a capital do mundo e estamos de portas abertas para receber iniciativas que tornem nosso estado ainda mais pujante e rico”, ressaltou.
O superintendente do Sebrae, Moisés Gomes, enfatizou a importância de colocar o turismo cada vez mais em evidência como pauta de alinhamento entre os órgãos públicos e privados. “Nossa agenda aqui hoje tem tudo a ver com a bandeira do Sebrae. O turismo é uma das molas mestras do Tocantins e uma das atividades que mais cresceu no estado, com potencial enorme e que podemos desenvolver ainda mais o setor, por meio das parcerias com as prefeituras, o Governo do Estado e o Sistema S. Neste momento que o turismo está retomando aos poucos, se abre uma janela imensa de oportunidades, com novos hábitos e o turismo de céu aberto, de aventura, de vivências e tudo isso temos a oferecer aqui”, reforçou.
O presidente da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Hercy Ayres Rodrigues, ressaltou a união das entidades para superar os desafios do setor. “Se somarmos nossas forças, eu não tenho dúvidas de que o resultado aparece. Juntos, Municípios, Estado e o Sistema S, nós temos muito a produzir. Quanto mais investimentos fizermos no turismo, mais emprego e renda daremos às pessoas. Temos a honra de participar da segunda edição do Fórum das Serras Gerais e percebemos que temos tudo para colocar o turismo como a mola propulsora do desenvolvimento”, destacou. Nilton, Roversi, vice-presidente do Centro Empresarial do Turismo (Cetur), afirmou que a região das Serras Gerais é marcada por pessoas capacitadas e que tem uma característica empreendedora “na veia”. “Temos uma gente que carrega nas costas o desenvolvimento local. Vi o Sebrae lapidar essa joia do turismo, trazendo para cá uma oportunidade para todos, com a dignidade do trabalho, para que cada pessoa pudesse ter melhores condições econômicas e que hoje já é realidade. Estamos todos de parabéns!”, comemorou. A diretora técnica do Sebrae, Eliana Castro, moderou o painel que debateu o tema: “Negócios, Inovação e Sustentabilidade”. “Enxergamos nas Serras Gerais oportunidades de negócios latentes e que podem fortalecer os atrativos locais, colocando a região em destaque ainda mais no estado e no Brasil. São iniciativas como essa que podemos acreditar e reforçar as ações para que os frutos sejam em benefício de todos, por meio de um turismo sustentável e que atenda as necessidades da comunidade e dos visitantes que aqui se encantam”, disse. Deuzuita Santana, proprietária de um restaurante no Rio Azuis falou sobre a experiência de capacitação feita pelo Sebrae. “Eu sou muito grata ao Sebrae pelas atividades e dedicação com os pequenos negócios aqui na região. Sempre que precisamos de qualificação, apoio ou consultorias, podemos ter acesso às diferentes possibilidades para melhorar o turismo das Serras Gerais”. Público conferiu ainda a palestra “O Turismo na Nova Economia”, com a coordenadora de Turismo na Unidade de Competitividade do Sebrae Nacional, Ana Clévia e a apresentação do Inventário e Planejamento Turístico do Tocantins, conduzido pelo Sebrae Tocantins, com o diretor executivo da Agência Brasileira de Engenharia Turística (Abet), Dener Fonseca. Estiveram presentes os gestores públicos e secretários de diversos municípios da região, além de instituições financeiras como o Banco da Amazônia, Caixa Econômica Federal e Agência de Fomento do Turismo, para oferecer e apresentar as linhas de crédito para o setor.mA gerente do Sebrae em Dianópolis, Fabíola Wolney, pontuou que as discussões aqueceram o turismo na região. “Nossa segunda edição foi um sucesso e conseguimos perceber o brilho nos olhos dos empreendedores e comunidade local, com tantas possibilidades que temos a conquistar, com propostas sustentáveis e inovadoras”. O Fórum foi realizado pelo Sebrae em parceria com o Ministério do Turismo, Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado, Fecomércio, Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc) e Associação de Desenvolvimento do Turismo Sustentável e Produção Associada de Serras Gerais do Tocantins (Assegtur), uma entidade não governamental e sem fins lucrativos. 

Fontes: Assessoria de Imprensa do Sebrae Tocantins