Quarta, 08 de Dezembro de 2021
Geral

Desinformação

Fernandinho Beira-Mar não tirou fotos com juíza e promotora em tribunal

Peça de desinformação circula há 6 anos

Foto: Divulgação
post
Registro foi feito durante julgamento no TJ-RJ em 2015

20 outubro, 2021

Circula pelas redes sociais imagens do traficante Fernandinho Beira-Mar tirando fotos com duas mulheres em um tribunal. As publicações alegam que elas seriam juízas e promotoras do processo que tem Beira-Mar como réu, o que não é verdade. As mulheres que aparecem ao lado dele são suas advogadas. Uma busca reversa pelas imagens mostra que o registro foi feito em maio de 2015. À época, Fernandinho Beira-Mar foi julgado e considerado culpado por liderar uma guerra de facções em 2002, dentro do presídio de segurança máxima Bangu I, que resultou no assassinato de quatro rivais. As mulheres que aparecem na imagem são as advogadas Amanda Vanderlei (irmã de Beira-Mar) e Cecília Gomes. As fotos foram feitas durante julgamento no TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) pelos fotógrafos Antônio Scorza, da Agência O Globo, e Fernando Souza, do Estadão Conteúdo; e registram o momento em que Fernandinho Beira-Mar acenou para familiares que acompanhavam o julgamento. Os posts com informações enganosas sobre essa foto circulam desde 2015. O conteúdo também foi desmentido pelo Aos Fatos.