Terça, 25 de Janeiro de 2022
Geral

Mercado imobiliário

Cidades brasileiras mais caras para comprar um imóvel

Imóveis tiveram aumento de preços em 2021, marcando uma alta nacional de 5,29%

Foto: Divulgação
post
Balneário Camboriú (SC) terceira colocada no ranking

11 janeiro, 2022

Segundo um levantamento realizado pelo índice FipeZAP+, no ano passado o mercado imobiliário brasileiro teve o seu maior aumento dos últimos sete anos: 5,29%. Em muitas das cidades pesquisadas, no entanto, o aumento foi ainda maior, ultrapassando a inflação projetada de 2021 de 9,68%. Foi o caso de Vitória, no Espírito Santo, com 19,68%, e de Maceió, Alagoas, com 18,50% no reajuste do preço dos imóveis. De acordo com os especialistas, essa alta elevada pode ser explicada por conta da alta dos custos dos materiais de construção, como aço, ligas metálicas e materiais hidráulicos. O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), marcou uma alta de 14,03%, com o subíndice de materiais e equipamentos fechando o ano em 24,73%. No outro lado, a demanda também não recuou perante a alta dos custos de construção. Compradores aproveitaram uma das taxas de juros mais baixas já registradas (apesar da Selic voltar a crescer no segundo semestre), e continuaram comprando. Por fim, o índice FipeZAP+ apontou as 15 cidades com o metro quadrado mais caro do país. Apesar de encabeçar sempre a lista, São Paulo e Rio de Janeiro tiveram aumentos pouco expressivos no metro quadrado. O destaque realmente apareceu o litoral catarinense, que classificou quatro cidades na lista de mais caras.

Cidades com metro quadrado mais caro em 2021
1 - São Paulo (SP): R$ 9.708/m²

2 - Rio de Janeiro (RJ): R$ 9.650/m²

3- Balneário Camboriú (SC): R$ 9.358/m²

4- Itapema (SC): R$ 8.856/m²

5- Brasília (DF): R$ 8.788/m²

6- Florianópolis (SC): R$ 8.582/m²

7 - Vitória (ES) :R$ 8.562/m²

8 - Itajaí (SC): R$S 7.909/m²

9 - Barueri (SP): R$ 7.748/m²

10 - Curitiba (PR): R$ 7.518/m²

11 - Belo Horizonte (MG): R$ 7.140/m²

12 - Niterói (RJ): R$ 6.718/m²

13 - Caetano do Sul (SP): R$ 6.695/m²

14 - Recife (PE): R$ 6.503/m²

15 - Porto Alegre (RS): R$ 6.386/m²

Fontes: índice FipeZAP+