Terça, 25 de Janeiro de 2022
Eventos

Parceiros

Seremos parceiros em todos os momentos”, diz Caiado durante posse da nova diretoria da OAB-GO

“Todos que desejam fazer um governo com apoio às regras da constituição, da legislação vigente e do respeito ao estado democrático de direito, administram em total parceria com a OAB”, afirma Caiado

Fotos: André Saddi
post
O governador Ronaldo durante posse da nova presidência da OAB Goiás: “São instituições independentes, mas 100% harmônicas para lutar contra as desigualdades regionais e pela prevalência das normas legais no Estado”

14 janeiro, 2022

O governador Ronaldo Caiado participou, na quinta-feira (13/01), da posse dos cinco novos diretores da Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Goiás (OAB-GO) e dos 44 conselheiros seccionais titulares, além de seus suplentes. Composta por Rafael Lara Martins, presidente; Thales José Jayme, vice-presidente; Talita Hayasaki, secretária-geral; Fernanda Terra, secretária-geral adjunta; e Eduardo Cardoso Júnior, tesoureiro; o colegiado estará à frente da entidade no triênio 2022-2024.  Durante coletiva à imprensa, Caiado disse que sempre trabalhou com o objetivo de fazer uma gestão em parceria com a OAB. “Todos que desejam fazer um governo com apoio às regras da constituição, da legislação vigente e do respeito ao estado democrático de direito, administram em total parceria com a OAB. Sabendo que são instituições independentes, mas 100% harmônicas para lutar contra as desigualdades regionais e pela prevalência das normas legais no Estado”, afirmou.  “Aquilo que o Estado tiver à disposição, seremos parceiros em todos os momentos, como tem sido desde que assumi”, acrescentou Caiado ao ressaltar a atuação de seu governo, em que foi retomado o pagamento dos advogados dativos. “Eles assistiam há quase 15 anos o atraso nesses repasses. No decorrer dos nossos três anos, já fizemos o pagamento de R$ 24,6 milhões a todos aqueles que fazem a defesa dos vulneráveis no Estado de Goiás”, salientou. A gestão anterior deixou um total de R$ 41 milhões, relativos a quase 20 mil processos, em que esses profissionais não foram remunerados.  A solenidade de posse foi realizada no Centro de Cultura, Esporte e Lazer (CEL) da OAB-GO, em Aparecida de Goiânia, e contou com a presença de José Alberto Simonetti, Secretário-Geral do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, além de outros representantes de entidades de classe. Acompanhando o governador, também estavam os advogados Anna Vitória Caiado e Alexandre Alencastro Veiga Hsiung. Novo presidente da Ordem, Rafael Lara Martins é advogado, mestre em Direito das Relações Sociais e Trabalhistas pelo Centro Universitário do Distrito Federal (UDF) e doutorando em Direitos Humanos pela Universidade Federal de Goiás (UFG), mesma instituição em que pegou o diploma de bacharel em Direito. Tem, ainda, três especializações: em Direito do Trabalho; em Direito Civil; e em Direito Processual. Foi conselheiro federal da OAB pela seccional de Goiás, entre 2019 e 2021, mesmo período em que atuou como vice-presidente da Comissão Especial de Estudos Permanentes Sobre o Compliance do Conselho Federal. Durante a cerimônia de posse, Lara ressaltou que tem desafios institucionais, classistas, mas que todos serão superados. Afirmou que o trabalho em sua gestão será pautado pelo diálogo. “O melhor exemplo dessa construção, é justamente o pagamento dos advogados dativos. São quase R$ 25 milhões pagos por esse governo à advocacia dativa, que estava desde 2006 sem receber os honorários. Conseguimos um belo diálogo e com boa vontade e comprometimento das pautas que se dispôs a realizar com o governo do Estado”, acrescentou.  Em discurso, o ex-presidente da OAB, Lúcio Flávio Siqueira, disse que tem como maior honra profissional ter servido a maior instituição da sociedade civil. “Carrego a sensação de dever cumprido. Entrego uma OAB muito melhor do que recebi em 2016”, destacou ao citar as dívidas encontradas, mas hoje saneadas. Ele também elogiou o tratamento do governador com a entidade. “Agradeço pela postura, tratamento cordial, leal e por ter sido um grande parceiro da OAB nos assuntos republicanos que envolvem a ordem e o Governo do Estado”, frisou. Caiado fez questão de elogiar a gestão do Lúcio Flávio, afirmando que ele escreveu uma página importante para a advocacia goiana. Ressaltou que toda vez que a instituição foi convocada se posicionou ao lembrar da pandemia e a situação fiscal encontrada no início de seu governo. “Foram parceiros para conscientizar de forma conjunta a sociedade que estávamos diante de um desafio que não sabíamos como tratar. Com o prestígio da OAB tornou-se muito fácil entender o momento do isolamento social”, pontuou. 

Casag

Na mesma solenidade, tomaram posse também Jacó Carlos Coelho, como presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de Goiás (Casag); Néli Cárita Máximo Figuerêdo (vice-presidente); Daniella Granjeiro Kafuri, secretária-geral; Rodrigo Guedes, diretor-tesoureiro; e demais diretores adjuntos. Formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), Jacó Coelho tem quatro especializações: em Direito Processual Civil; em Direito Civil; em Gestão em Seguros e Resseguros; e em Gestão Jurídica em Seguros e Resseguros. Foi, ainda, professor de Direito na PUC-GO, na Universidade Salgado Oliveira e na UFG.  Participaram também da solenidade de posse da presidência da OAB Goiás o procurador-geral de Justiça, Aylton Flávio Vechi; o desembargador Guilherme Gutemberg; o defensor público-geral do Estado, Domilson Rabelo; o deputado federal Zacharias Calil; a diretora da Escola Superior da Advocacia de Goiás, Antonia Chaveiro Martins; a presidente da OAB de Mato Grosso, Gisela Cardoso; o diretor-tesoureiro da OAB Nacional, José Augusto Araújo Noronha; o coordenador do Colégio de Presidentes do Conselho seccional da OAB Nacional, Leonardo Pio da Silva Campos; o procurador-chefe da Procuradoria Regional do Trabalho da 18ª Região, Alpiniano do Prado; o presidente a Associação Goiana dos Municípios (AGM), Carlão da Fox; o secretário particular do prefeito de Goiânia Rogério Cruz, José Carlos Firmino; o vereador Anselmo Pereira, que representou a Câmara Municipal de Goiânia; e o ex-presidente da OAB Goiás, Enil Henrique Filho.

Fontes: Secretaria de Comunicação do  Governo de Goiás