Quinta-feira, 29 de
Fevereiro de 2024
Eventos

Resgate

"Resgaste histórico", diz Daniel Vilela nas festividades do Marco Zero do estado de Goiás

Governador em exercício esteve em Buenolândia, distrito da cidade de Goiás, primeira povoação estabelecida no estado. Local foi fundado pelo bandeirante Bartolomeu Bueno da Silva, filho do Anhanguera

Fotos: André Costa
post
Festividades na Igreja Nossa Senhora do Rosário celebram o distrito de Buenolândia como Marco Zero do Estado de Goiás

04 novembro, 2023

“Não é possível projetar o futuro se não sabemos o início de tudo. Temos que manter estas memórias vivas e repassá-las às próximas gerações”, disse o governador em exercício Daniel Vilela ao participar, neste sábado (04/11), em Buenolândia, distrito da cidade de Goiás, das festividades que celebram o local como Marco Zero do estado. O povoado foi fundado em 06/07/1726 pelo filho homônimo do bandeirante paulista Bartolomeu Bueno da Silva, o Anhanguera.  Durante missa de ação de graças conduzida pelo padre Augusto Cézar, Daniel afirmou que além do resgate histórico de Goiás, aquele momento era de reafirmação dos valores e da cultura goiana. “Nosso respeito e deferência à primeira povoação do nosso estado”, completou. O governador em exercício ainda destacou o “empenho e o compromisso” do Governo de Goiás com a recuperação de símbolos e de espaços físicos que representam o estado. "O governador Ronaldo Caiado não se cansa de estar aqui e de valorizar nosso patrimônio histórico", disse Daniel ao lembrar da recente restauração da Igreja Nossa Senhora de Aparecida, no Povoado de Areias, construída em 1910. O templo era tradicional ponto de parada de comitivas que faziam longas viagens ao Rio de Janeiro. Ele mencionou também os novos sinos repassados à Igreja Matriz de Pirenópolis. O prefeito da antiga Vila Boa, Aderson Gouvea, afirmou que se tratava de um “dia festivo”, e fez referência à transferência da capital para Goiânia, em 1937, para ilustrar a importância destes eventos alusivos ao Marco Zero. “A cidade de Goiás perdeu relevância política quando houve a mudança da capital. Mas se ela, assim como Buenolândia, sobrevive até hoje, é por conta de sua história, de sua cultura, da paixão dos moradores por esta terra”, ressaltou. Após a celebração religiosa realizada na Igreja Nossa Senhora do Rosário, o governador em exercício, acompanhado por moradores do distrito, foi até o encontro dos rios Vermelho e Bugre, local simbólico por ter sido o ponto em que Bartolomeu Bueno encontrou-se, pela primeira vez, com os indígenas que habitavam a região. No trajeto, Daniel atendeu a pedidos de fotos e foi presenteado com frutos de pequi. “Este sim, é o verdadeiro ouro que Bartolomeu não descobriu”, brincou, em tom bem-humorado.

Patrimônio

A Lei 22.202, aprovada pela Assembleia Legislativa e sancionada pelo governador Ronaldo Caiado em 10 de agosto deste ano, instituiu o distrito de Buenolândia como Marco Zero e patrimônio histórico e cultural do estado. A autoria do projeto de lei no Legislativo goiano foi do deputado estadual Lucas Calil.  Como parte integrante das comemorações do Marco Zero ainda estavam previstas para este sábado a Cavalgada das Bandeiras pelo trecho de 13 quilômetros de estrada de terra que separam o distrito da GO-070 e apresentações culturais.