Terça, 25 de Janeiro de 2022
Estado

Vacinação

Vacinação de crianças contra a Covid-19 em Goiás começa no dia 17 de janeiro, diz secretário Alexandrino

Equipes de saúde já começaram a treinar para imunizar as pessoas entre 5 e 11 anos

Foto: Reprodução
post
"O estado de Goiás tem sido um dos que consegue fazer essa distribuição mais rápida, rodamos de noite, de madrugada e vamos fazer o mais rápido possível”, afirmou Alexandrino

10 janeiro, 2022

O secretário estadual de Saúde, Ismael Alexandrino, informou que a vacinação das crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19 está prevista para começar no dia 17 de janeiro. Equipes de saúde já começaram a receber o treinamento necessário para imunizar esse grupo. “É a data que a gente trabalha se não tiver nenhuma falha de planejamento em relação à entrega do Ministério da Saúde”, disse o secretário. O órgão federal informou que o primeiro lote de vacinas pediátricas deve chegar ao país no próximo dia 13. Serão usadas doses do laboratório Pfizer. O secretário disse ainda que as doses que chegarem serão distribuídas o mais rápido possível para os municípios. “Assim que chegar, nossos caminhões vão fazer a distribuição o mais rápido possível. O estado de Goiás tem sido um dos que consegue fazer essa distribuição mais rápida, rodamos de noite, de madrugada e vamos fazer o mais rápido possível”, afirmou Alexandrino. Sobre os municípios que foram afetados pelas fortes chuvas, incluindo os que estão isolados, o secretário disse que esta sendo feita uma força-tarefa para conseguir atender a todas as cidades. A imunização será feita em ordem decrescente de idade, começando pelos que têm 11 anos. Segundo uma estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem cerca de 726 mil crianças entre 5 e 11 anos. A vendedora Mariluci Garcia dos Santos tem dois filhos que estão na expectativa de conseguir se vacinar contra a Covid-19. “Estamos contando as horas, porque eles querem voltar à rotina normal deles, escola, querem que tudo volte ao normal”, disse. Equipes de todas as regiões do estado começaram o treinamento para aplicar a vacina nas crianças. A medida é importante para evitar alguma reação contrária ao imunizante. As doses, no entanto, são seguras e aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A orientação do órgão é que a aplicação das doses para crianças seja em local separado dos adultos. Isso evitaria a aplicação da dose de adultos no lugar da infantil, que tem cor de rótulo e dosagem diferente.