Quarta, 08 de Dezembro de 2021
Brasília

Cobrança

Vicentinho Júnior cobra explicações sobre os investimentos para a UTI de Porto Nacional e relembra promessa do Governador

Ao pedir a ajuda dos órgãos públicos fiscalizadores, Vicentinho Júnior questiona: “Que farra é essa com o dinheiro do Estado"?

Foto: Câmara dos Deputados/Divulgação
post
Vicentinho Júnior lembrou que os serviços ofertados no município atende aproximadamente 13 cidades vizinhas de Porto Nacional

29 setembro, 2021

Por Thais Souza

Brasília (DF) - O deputado federal Vicentinho Júnior (PL-TO), usou a tribuna da Câmara dos Deputados  ontem terça-feira (28/9) para solicitar esclarecimentos ao Governador Mauro Carlesse e ao presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins, Antônio Andrade, sobre a retirada dos leitos de UTIs do Hospital de Porto Nacional (TO). Vicentinho Júnior lembrou que os serviços ofertados no município atende aproximadamente 13 cidades do entorno e ressaltou que, quando instaladas em Porto Nacional, o Governador fez questão de divulgar nos canais da Secom, do Palácio Araguaia e na Imprensa tocantinense, que os leitos seriam permanentes.  O parlamentar lembrou que, após um ano de pandemia e nenhuma ação do Executivo tocantinense, reuniu com o então ministro Eduardo Pazuello, que à época cedeu dez leitos de UTI para atender a comunidade de Porto Nacional. “Mas a liberação dependia exclusivamente do cadastro de regulamentação do Governo do Estado, que por vaidade e uma discussão rasa, preferiu não fazer. Se não tivessem dificultado talvez hoje teríamos dez leitos de UTIs custeadas pelo Governo Federal”, disse.  “Naquela mesma época questionei a lisura e histórico da empresa contratada com dispensa de licitação por mais de R$5 milhões para gerir as UTIs instaladas pelo Estado. Empresa está com vários processos em Goiás. Hoje, a cena que fica são os caminhões retirando os últimos equipamentos de UTIs, os pais e mães de famílias tendo que entrar na justiça, uma vez que os salários não foram pagos, para requerer o que lhes é de direito”, lamenta.   Ao pedir a ajuda dos órgãos públicos fiscalizadores, Vicentinho Júnior questiona: “Que farra é essa com o dinheiro do Estado? Gastaram com as adequações de uma ala de Hospital, que hoje está sem serventia. Miraram em mim e acertaram no tocantinense que só quer condições para continuar lutando. Que dinheiro é esse que não tem servido ao cidadão? ”, conclui o deputado federal Vicentinho Júnior.