Domingo, 21 de
Julho de 2024
Brasília

Recursos

Governo do Tocantins alinha com o BID oportunidades para financiamentos

Resultados entregues pelas gestões de planejamento, orçamentária e fiscal do Governo Tocantins estabeleceram critérios necessários à atração de investimentos internacionais

Fotos: Vinícius Santa Rosa/Governo do Tocantins 
post
O governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, em reunião com o representante do BID no Brasil, Morgan Doyle, apresentando projetos que atendem às condições para receber investimentos do banco

24 abril, 2024

O governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa (Republicanos) esteve em Brasília/DF, nesta terça-feira, 23, para tratar sobre oportunidades de captação de recursos com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a serem investidos em projetos de desenvolvimento socioeconômico. Em reunião com o representante do BID no Brasil, Morgan Doyle, foram apresentados projetos que atendem às condições para receber investimentos do banco e o avanço na gestão fiscal que enquadra o estado nos critérios necessários para a realização de parcerias com organismos internacionais. "Em dois anos de gestão, fizemos os ajustes orçamentários necessários e temos condições de investir no turismo, na cultura, nas feiras de negócios, nas feiras agropecuárias e em todas as oportunidades que surgem para movimentar a economia dos municípios. São esses investimentos que estão ampliando o surgimento de pequenos negócios, fortalecendo os médios e grandes, e aumentando a nossa produtividade econômica. Essa visão de movimentar o estado é o que está fazendo o Tocantins crescer", ressaltou o governador Wanderlei Barbosa.  Como parte dessa visão de expansão de investimentos públicos para estimular a melhoria do ambiente de negócios, o governador Wanderlei Barbosa destacou os projetos em execução para a construção ou a melhoria dos Parques Industriais nos municípios de Araguaína, Guaraí, Porto Nacional e Gurupi. Entre as prioridades do Governo do Tocantins, também foram citados os projetos voltados para a agricultura familiar, com destaque para os produtos com grande potencial e em fase de expansão, como é o caso do cacau. O secretário de Estado da Fazenda, Júlio Edstron, enfatizou que esses diálogos são essenciais para proporcionar agilidade ao trabalho que já vem sendo desenvolvido pela equipe estratégica do Governador. “Esse diálogo de forma direta, tanto com o BID quanto com outras instituições que atuam na captação de recursos internacionais e trabalham de forma alinhada, cria oportunidades para agilizar processos importantes para que os projetos sejam implementados”, pontuou. Também acompanharam o Governador, na reunião, o secretário de Estado do Planejamento e Orçamento, Sergislei Moura; o secretário extraordinário de Representação em Brasília, Carlos Manzini Júnior; o secretário da Casa Militar, coronel Wander Araújo; e o assessor de Gestão Estratégica da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), Glênio Benvindo de Oliveira. 

Ministério do Planejamento Orçamento 

Na agenda desta semana, em Brasília/DF, o Governo do Tocantins está atuando de forma estratégica para possibilitar investimentos internacionais nos projetos do estado. Nessa segunda-feira, 22, foi realizada uma reunião com a ministra do Orçamento e Planejamento, Simone Tebet, em busca de apoio do Ministério do Planejamento e Orçamento (MPO) no processo de viabilização de recursos do Orçamento Geral da União, por meio de linhas de financiamento internacionais.  A ministra Simone Tebet elogiou a atual gestão do Governo do Tocantins, que elevou a nota do estado na classificação da capacidade pagadora (Capag) de estados e municípios, definida pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN). A posição na nota da Capag é uma condição indispensável para a captação de recursos em organismos internacionais e, atualmente, o Governo do Tocantins está apto a realizar operações de crédito de grande porte.