Domingo, 21 de
Julho de 2024
Brasília

Fragilidade

Derrotas no Congresso levam Lula a se reunir com equipe de articulação

Derrubadas de vetos em pautas de cunho ideológico evidenciaram fragilidade na base do governo no Congresso

abio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil - 23/04/2023
post
Presidente Luiz Inácio Lula da Silva em café da manhã no Palácio do Planalto, no dia 23 de abril

03 junho, 2024

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) convocou, nesta segunda-feira (3/5), uma reunião com o time de  articulação política após as duras derrotas no Congresso Nacional nesta última semana.  No Palácio do Planalto, o presidente esteve com o ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, além de representantes da Casa Civil e do Ministério da Fazenda.

Participaram da reunião:

Randolfe Rodrigues (AP), líder do governo no Congresso;
Jaques Wagner (PT-BA), líder do governo no Senado;
José Guimarães (PT-CE), líder do governo na Câmara;
Miriam Belchior, secretária-executiva da Casa Civil;
Dario Durigan, secretário-executivo da Fazenda.

O mandatário retomou as reuniões semanais com a equipe de articulação na semana passada. O diagnóstico inicial foi de que o governo de Lula não tem uma base sólida para impulsionar as chamadas 'pautas de costume', defendidas pelo Bolsonarismo. Contudo, as derrotas da última semana no Congresso adicionaram outra preocupação ao time: a de ampilar o próprio número de siglas. A decisão foi motivada pelo fato do presidente ter vetos derrubados pelos parlamentares em pautas de cunho ideológico, o que evidenciou a vulnerabilidade da base do governo no Congresso. Entre as derrotas, estão a derrubada do veto do petista à lei que proíbe as saidinhas de presos e a manutenção do veto do ex-presidente Jair Bolsonaro à criminalização das fake news eleitorais.