Sexta, 26 de Fevereiro de 2021
Raimundo Lira
ÀS SUAS ORDENS!

por Raimundo Lira

Opinião

O que querem as tais pesquisas eleitorais?

O que eleitor brasileiro tem visto nos últimos anos eleitorais, são variações de dados apresentadas por alguns institutos de pesquisas, que o confundem na hora de votar

Fotos: Divulgação
post
Cinthia Ribeiro: líder nas pesquisas de intenções de votos e líder também em rejeição

04 outubro, 2020

Por Raimundo Lira

Mal começaram as campanhas eleitorais no Brasil e já apareceram as pesquisas  de intenções de votos, que  mostram ou deveriam [?] mostrar de fato, as  preferências  dos eleitores por seus candidatos.  Entretanto, o que o eleitor brasileiro tem visto nos últimos anos eleitorais, são variações de dados apresentadas por   alguns institutos de  pesquisas, que confundem o eleitor na hora de escolher o seu candidato ou de votar;   fato que a justiça eleitoral brasileira ainda não conseguiu checar  e nem punir os institutos de pesquisas manipuladores das  informações contidas em suas pesquisas. Em Palmas (TO), foram registradas 12 candidaturas  para prefeito  da Capital tocantinense  nas eleições de 2020. E, para esquentar o clima eleitoral, o  IBOPE do Rio de Janeiro, saiu na frente e já publicou a primeira pesquisa de intenções de votos - outros institutos também publicaram suas pesquisas. São de fatos, números apresentados nos  resultados pelos institutos que alegraram uns e assustaram outros candidatos.  A prefeita de Palmas Cinthia Ribeiro (PSDB) e candidata à reeleição lidera as pesquisas de intenções de votos, mas como dizem alguns analistas políticos palmenses: está só no início da campanha rumo à prefeitura da Capital  e ainda tem muita água para passar debaixo  da ponte. Baseado em alguns resultados de pesquisas  apresentados pelo IBOPE, o radialista e jornalista de Brasília Cleyton Aguiar, fez a seguinte observação: “Alguém ainda acredita em pesquisa do IBOPE?  Em 2014 errou feio no Tocantins ao prever vitória da Senadora Kátia Abreu contra o candidato Eduardo Gomes, por 25%  de diferença;  no outro dia, o resultado foi de 0,84% . Erro, ou má fé? – finalizou o radialista brasiliense. Acostumado a acompanhar e participar de vários campanhas eleitorais, concordo plenamente como o meu colega Cleyton Aguiar. Até o próximo!

Raimundo B. Lira  é jornalista, Internacionalista e Presidente da Comissão Provisória para a Organização e Legalização da Associação Brasileira de Blogs e Sites (AABBwebsite / Brasília - DF). Os artigos de opinião e/ou as matérias assinadas,  não refletem necessariamente a opinião  do site, portanto  são de responsabilidade de seus autores, sem vínculos empregatícios e do cumprimento de horário de trabalho.  Texto intelectual protegido pela Lei dos Direitos Autorais  (9.610/98). Este conteúdo pode  ser republicado, desde que cite a fonte e autoria.