Domingo, 11 de Abril de 2021
Geral

Tecnologia

YouTube ganha filtro para pais limitarem vídeos que adolescentes podem ver

O YouTube vai separar as crianças e adolescentes em três grupos para além da versão Kids da plataforma de vídeos do Google

Foto: Divulgação
post
O YouTube Kids já está presente em 80 países ao redor do mundo, incluindo o Brasil

24 fevereiro, 2021

O Google divulgou nesta quarta-feira (24/2) o lançamento de filtros para pais permitirem que seus filhos adolescentes acessem vídeos publicados no YouTube. O objetivo é criar uma experiência intermediária entre o controle da da plataforma na versão Kids e o acesso liberado para qualquer conteúdo presente por lá, ainda sem perder a supervisão parental por perto. Atualmente o YouTube é dividido em duas categorias, sendo o primeiro selecionado para o YouTube Kids com conteúdo focado para crianças, e o segundo é o site que você conhece e sem muitos limites para o que o espectador pode assistir, liberado para todos com mais de 13 anos. Podem existir restrições para alguns vídeos com conteúdo como de violência, mas agora a ideia é dar mais controle aos pais. O plano da plataforma de vídeos do Google é de dividir o acesso em três categorias, sendo a primeira para crianças abaixo de 13 anos e que já estão crescidas demais para acessar o YouTube Kids. O nome desta divisão é "Explore" e o objetivo neste caso é criar uma curadoria com conteúdo voltado para pequenos com mais de nove anos, incluindo vlogs, tutoriais, gameplays, clipes musicais, notícias e até mesmo ensino a distância. O segundo nível é chamado de "Explore More" e entrega conteúdo compatível para pré-adolescentes, com idade começando aos 13 anos. Por aqui o YouTube coloca mais vídeos no catálogo e adiciona transmissões ao vivo nas mesmas categorias de conteúdo da divisão anterior. O terceiro estágio é chamado "Most of YouTube" e libera praticamente qualquer vídeo, desde que ele não receba restrição de idade e não inclua conteúdo sensível para adolescentes mais velhos. Restringir a idade da audiência é uma ferramenta aplicada pelo YouTube para material voltado aos maiores de 18 anos e impede sua reprodução sem uma conta logada no site, além de não rodar estes vídeos em sites fora da plataforma do Google. O YouTube afirma que trabalhará em um misto de mãos para a curadoria do conteúdo em todas as categorias, incluindo aprendizado de máquina, dados inseridos pelos próprios canais e avaliação por pessoas de verdade para escolher em qual divisão cada vídeo deve se encaixar.

Famílias terão mais controle sobre o YouTube

Crianças ou adolescentes com contas de família do Google poderão estar em um ambiente mais controlado por seus pais ou responsáveis. Os adultos poderão acessar, remotamente, todo o histórico de buscas de seus filhos e até incluir limitadores do Family Link para o YouTube, como definir um tempo para que a criança assista vídeos de toda a plataforma em um dia específico. Recentemente estes mesmos pais ou responsáveis passaram a ter controle da conta Google de seus filhos, permitindo bloquear o acesso para conteúdos específicos e impedir algumas ações das crianças no YouTube. Estas novas categorias para crianças mais crescidas acessarem o YouTube começam a aparecer para as famílias nos próximos meses, neste momento em fase inicial de testes. Ainda não existe data prevista para o recurso chegar para todos os usuários. O YouTube Kids já está presente em 80 países ao redor do mundo, incluindo o Brasil e além de vídeos focados nos mais pequenos, até mesmo a interface do site é alterada para ajudar no entendimento dos mais novos.