Sexta, 26 de Fevereiro de 2021
Estado

Falta de energia

Revoltada com constante falta de energia, Prefeitura de Chapadão do Céu coloca placa na entrada da cidade para reclamar da Enel

Segundo a prefeitura, município está cansado de cobrar pelos prejuízos que a interrupção constante no fornecimento de energia elétrica causa aos moradores

Foto: Reprodução/TV Anhanguera
post
Prefeitura de Chapadão do Céu coloca placa para protestar contra a Enel, em Goiás

19 fevereiro, 2021

Chapadão do Céu (GO) - Revoltada com as constantes quedas de energia elétrica, a Prefeitura de Chapadão do Céu, no sudoeste de Goiás, colocou uma placa na entrada da cidade para reforçar a insatisfação com o serviço prestado pela Enel, concessionária responsável pela distribuição de energia em Goiás. A placa foi colocada no dia 8 de janeiro. Nela há um acróstico, quando se usa as letras da palavra, em sentido vertical, para escrever um conceito:


“Empresa
Non grata e não
Eficiente nessa
Localidade”, consta na placa

Por meio de nota enviada à TV Anhanguera, a Enel informou que, em 29 de janeiro, apresentou à prefeitura um plano de melhorias para garantir a qualidade do fornecimento de energia na região, analisou todo o sistema elétrico que abastece o município e preparou ações de curto, médio e longo prazo. A companhia identificou pontos com problemas, como equipamentos deteriorados, cabos bambos, estruturas danificadas ou árvores em contato com a rede (veja nota na íntegra ao fim do texto).

Prejuízos 

Segundo moradores, as quedas de energia acontecem quase diariamente e pioram durante o período chuvoso, quando demora ainda mais para o serviço ser restabelecido. Paulo Dourado é dono de uma padaria na cidade. Ele afirma que os prejuízos são constantes por causa das frequentes interrupções do fornecimento. “Acabou a luz, se demorar dez minutos pra voltar, a matéria prima que está no forno toda estraga. São diversas vezes. A gente já jogou freezers de sorvete fora, sem contar os equipamentos: já queimou forno e televisão. A gente já imagina que quando vai chover, daqui uma ou duas horas já vamos ficar sem energia”, reclama o comerciante. De acordo com o Secretário de Administração, Rodrigo Azeredo, após a visita da Enel na região, no dia 29 de janeiro, as manutenções têm sido mais frequentes, mas as oscilações ainda continuam. Por isso, o prefeito do município, Eduardo Peixoto (DEM), tomou a iniciativa. “Os moradores no geral apoiaram a iniciativa do prefeito. Eles [funcionários da Enel] traçaram um plano de trabalho para melhorias, os carros da empresa estão na cidade, eles fazem manutenções, nos enviam relatórios, mas não está 100% não. Com a chuvas, têm tido muita queda, oscilado. O que a gente quer é um serviço de qualidade”, explicou Rodrigo.

Nota da Enel na íntegra:

A Enel Distribuição Goiás esclarece que no último dia 29, representantes da empresa estiveram em Chapadão do Céu e apresentaram ao prefeito Eduardo Peixoto (DEM) um plano de melhorias para garantir a qualidade do fornecimento de energia na região. A companhia destaca que analisou todo o sistema elétrico que abastece o município e preparou ações de curto, médio e longo prazo. Com esta análise, a companhia identificou pontos com anomalias, como equipamentos deteriorados, cabos bambos, estruturas danificadas ou árvores em contato com a rede, e iniciou as ações necessárias. Ao todo, serão 360 pontos de manutenção e 27 mil metros quadrados de limpeza de faixa, realizada até a primeira semana de abril. Adicionalmente às ações de curto prazo, também serão instalados mais sete equipamentos telecontrolados no município ao longo deste ano. Entre 2017 e 2020, a empresa instalou outros 14 equipamentos telecontrolados na região, que já estão em operação. A companhia destaca, ainda, que já para 2022 está prevista a construção de 60 quilômetros de novas redes de média tensão para interligar a Subestação Chapadão do Céu à Subestação Serra Azul, no município de Jataí. A Enel reforça, ainda, que seguirá investindo fortemente em todo o Estado para transformar a realidade do fornecimento de energia em Goiás, além de manter o diálogo constante com os clientes e com as administrações públicas para sempre atendê-los da melhor maneira possível.